Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Coninhas

Ser Coninhas é um Direito!

Coninhas

Ser Coninhas é um Direito!

VAI UMA RAPIDINHA?

Antes de sair do bar, o cliente pede ao empregado um maço de cigarros.
Na caixa do tabaco, como mandam as regras, vem escrito:
"O MINISTÉRIO DA SAÚDE ADVERTE: O cigarro pode causar a impotência sexual".
Assustado, gritou para o empregado:
“Troque-me isto!!! Dê-me um daqueles que dizem que causa o cancro".

CLUBITE

No primeiro dia de aulas, a professora, para conhecer melhor os alunos, resolveu perguntar a profissão do pai de cada um.
“Pedrinho, qual a profissão do seu pai?”
“Advogado, Professora”.
“E a do seu pai, Marianinha?”
“Engenheiro”.
“E do seu, Aninhas?”
“É médico”.
“E do seu pai, Joãozinho, o que faz ele?”
“Ele ... Ele ... Ele é paneleiro...”
“O quê??” - pergunta a professora, surpresa.
“S'tora ... Ele dança em discotecas, com uma tanguinha minúscula cheia de lantejoulas e brilhos, onde homens másculos lhe passam a mão e põem dinheiro no elástico da tanga e depois vão-lhe ao c* e não lhe pagam...”
A professora rapidamente dispensou toda a classe, excepto o Joãozinho e vai até ele e pergunta-lhe novamente:
“Ouve lá, ó Joãozinho, o teu pai é realmente mariconço?”
“Não, Professora. Agora que a sala ficou vazia, é mais fácil de lhe dizer a verdade: é que o meu pai é jogador do BENFICA e eu tenho vergonha de contar aos outros...”

PERSPECTIVA

À MEDIDA QUE ENVELHECEMOS, TODOS FICAMOS MAIS PESADOS, PORQUE HÁ MUITO MAIS INFORMAÇÃO NAS NOSSAS CABEÇAS.
EU NÃO SOU GORDO, SOU SIM, DE FACTO, INTELIGENTE E A MINHA CABEÇA JÁ NÃO TEM MAIS ESPAÇO.
POR ISSO COMEÇOU AGORA O ENCHIMENTO DO RESTO DO CORPO.

OS 13 MANDAMENTOS DO SÉCULO XXI

1. O amor eterno chega a durar seis meses.
2. Não entres no mundo das drogas. Somos muitos e há pouca.
3. Ter a consciência limpa é sinal de má memória. Toma suplementos.
4. No casamento, vale mais enganar que ser enganado.
5. Os honestos são simples inadaptados sociais.
6. O que luta contra a corrente pode morrer electrocutado.
7. O último a rir, não percebeu a anedota.
8. A escravatura não foi abolida. Passou a oito horas por dia, ou mais.
9. Se a montanha vem até ti, foge. Trata-se de um desmoronamento.
10. Se não atropelares o tipo da frente, serás atropelado pelo tipo de trás.
11. Não tomes a vida muito a sério porque não sairás vivo dela.
12. A piada não é ganhar mas fazer o outro perder.
13. Príncipe encantado só há um e está na cama com a Cinderela.

CONSULTORES

Estava um velho pastor a guardar o seu pequeno rebanho de ovelhas quando, de repente, lhe aparece um homem montado num 4x4, último modelo, todo artilhado com tudo quanto é extras, fato Hugo Boss, sapatos DKNY, óculos Calvin Klein.
Aproxima-se do pastor e diz-lhe:
“Ouça lá... se eu determinar o número de ovelhas existentes no seu rebanho, ganho uma?”
Assombrado, o pastor concordou.
O homem dirige-se ao 4x4, saca de um Toshiba Tera 8000 com 258 MB de RAM, liga-se à Internet por GSM, faz download de uma base de dados de 300 MB, entra numa página da NASA localizando por satélite a região exacta onde se encontra o rebanho, executa uma média histórica da massa de uma ovelha mediante uma tabela dinâmica de Excel, com a execução de algumas macros personalizadas em Visual Basic, obtém um diagrama de fluxo e, uma hora e meia depois, responde ao velho:
“Você tem 47 ovelhas no seu rebanho e 4 estão grávidas!”
O pastor aceitou e disse-lhe que podia levar uma ovelha.
O homem escolheu uma e, quando já estava para partir, o pastor chamou-o e perguntou:
“Se eu adivinhar onde você estudou e que curso tirou, devolve-me a ovelha?”
O homem sorriu e respondeu:
"Claro, claro!...", enquanto acomodava o animal no carro.
“Você estudou Gestão de Empresas na Universidade Católica” - foi a resposta imediata do pastor.
O outro desceu do carro e, espantado, perguntou-lhe como sabia isso.
“É fácil...” - respondeu o pastor – “por 4 razões: Primeiro, pelo seu ar de superioridade; segundo, porque apareceu sem que eu o tivesse chamado, terceiro, porque me cobrou para me informar de uma coisa que eu já sabia e, por último, porque não percebe nada disto. Agora, faça o favor, de me devolver o cão!”

Pág. 3/3